Comfort Club

Notícias

10 motivos para não perder a 10ª edição da RESSONANCIA

Spread the love

Há 3 anos, com o intuito de fomentar a cena underground paulistana e oferecer o melhor do Techno, House e suas vertentes, nascia a RESSONANCIA. Hoje, após 9 memoráveis edições por onde dezenas de artistas nacionais e internacionais passaram e também um fiel público que abraçou o evento e cresce cada vez mais, chega o momento de celebrarmos a 10ª edição! Por isso, faltando menos de 30 dias para o evento, listamos 10 razões pelas quais você, com certeza, deve comparecer no dia 24 de agosto na Fabriketa.
 

1. Um evento com uma história única

Depois de sensacionais nove edições nos últimos três anos, chega o esperado momento da 10ª edição que, com certeza é uma das festas mais esperadas do ano em São Paulo. Pela RESSONANCIA passaram renomados DJs e produtores como Yotto, Hernan Cattaneo, Matador, Matthias Tanzmann, Magda, Anthony Parasole, Noir, e em sua última edição, a lenda do Techno, Derrick May.
 

2. O proposito para além de uma festa

A RESSONANCIA foi pioneira ao criar uma pista dedicada às apresentações no formato LIVE, se tornando um dos principais eventos de Techno no Brasil. A organização também investiu em outros formatos de interação com o público, como palestras e workshops sobre o segmento, o que agregou muito ao conceito geral.

A festa se tornou uma label underground de respeito, estando à frente nessa indústria da música eletrônica. Tendo muito orgulho de ser 100% brasileira, a RESSONANCIA fomenta o mercado nacional, valorizando artistas locais, além de trazer grandes nomes de fora.
 
3. O icônico local da história de São Paulo 

O local escolhido para essa edição foi mais uma vez a Fabriketa, com um ar industrial e de fábrica abandonada, que adiciona ainda mais a atmosfera única do evento. O local promete agradar os amantes do Techno, do House, e suas vertentes, durante as 10 horas de festa. Em 24 de agosto, iniciando às 22hs, a RESSONANCIA acontece pela segunda vez na Fabriketa, no bairro do Brás na cidade de São Paulo.


 
4. A lenda do Techno, Oliver Huntemann 

Oliver Huntemann é um produtor de techno de Hamburgo, na Alemanha. Mitos abundam no norte europeu e americano quando se trata de estabelecer o “techno ground zero” (onde nasceu o techno). Oliver Huntemann é um dos poucos filhos do norte que acrescenta um elemento de credibilidade a essa mitologia. Fragmentos e sons de engenharia alemã brilham em sua música e deixam sua marca registrada na indústria da música eletrônica.
 
As produções habilmente construídas de Oliver rapidamente lhe renderam inúmeros admiradores dentro da elite do techno e não demorou muito para que ele estabelecesse uma parceria devastadora com o Dubfire. Durante esses anos, ele acumulou remixes para artistas como Chemical Brothers, Depeche Mode, Underworld (a lista continua) e seu trabalho com Dubfire agora abrange uns bons oito anos (Elements, Dios, Diablo, Humano).

Desde 2016, sua residência em Watergate ilumina brilhantemente a vida noturna de Berlim, enquanto ele continua a tocar em clubes e festivais em todo o planeta: de Warung no Brasil e Rex Club em Paris à BPM Festival no México, Strawberry Fields e Pitch Music & Artes na Austrália ou Woogie Weekend na Califórnia.

Em 2017 lançou se 5º álbum, “Propaganda”, arrastado por dois EP intitulados Rotlicht e Poltergeist. Todos os três lançamentos ondulam com techno tune como só ele pode entregar. Seis longos anos se passaram desde o 4º álbum de Huntemann, “Paranoia”, mas não se iluda pensando que ele estava dando um tempo – ao contrário, ele esteve mais ocupado do que nunca! É assim no norte, ações contam, não aparências!

5. Uma vibe “Afterlife“ com o trio italiano co-headliner da festa, Agents of Time

Agents Of Time é o projeto italiano de Andrea Di Ceglie, Fedele Ladisa e Luigi Tutolo. Um respeitado show de três DJs, mestres de som no estúdio e fundadores da gravadora Obscura.
Desde que começaram sua jornada juntos como Agents Of Time, os três italianos combinaram seus talentos e influências compartilhadas para se tornarem um projeto independente, lançando uma série de tracks importantes ao longo do caminho. Em 2014, eles lançaram a track “Polina”, que os marcou como um novo nome empolgante no reino do techno melódico e emocional e deu início às suas viagens pelo mundo em turnê.

O set de DJs do Agents Of Time, para o qual os três membros se alternam para formar um duo, permite que eles expressem a mesma visão através de um meio mais eclético. O espírito aventureiro e a paleta de som inebriante é canalizado em house, techno e seleções mais obscuras.

Um relacionamento com o Tale Of Us e várias aparições nas festas do Afterlife também levaram o Agents Of Time a assinar na label Afterlife com o impressionante EP ‘Dream Vision’ e ‘Paradigm’ na compilação Realm Of Consciousness.

Eles se mostram muito talentosos e versáteis a cada produção, seja no palco ou em um evento da label Obscura, você pode contar com uma entrega de alta qualidade, bem equilibrada entre a experimentação e uma vibe de pista de dança.

6. A presença da label Diynamic com Karmon

A visão de Karmon sempre trouxe novos sons para a pista de dança. Seu estilo de assinatura meticulosamente trabalhado é o que o levou ao centro das atenções quando ele começou seu caminho na música eletrônica. Ele vê a música como uma jornada, uma exploração que leva o tempo certo. Seu som é caracterizado como um groove hipnótico que atrai o ouvinte.

Enquanto o estúdio sempre foi o playground onde ele poderia aperfeiçoar implacavelmente suas produções, levar sua música para a pista de dança é o que o estabeleceu como um DJ talentoso com uma base de fãs mundial. Tocando nos cinco continentes, desde festas intimistas até grandes festivais, Karmon reuniu novas experiências e emoções da multidão. Tornar-se parte da família Diynamic em 2013 permitiu-lhe crescer desinibidamente ao lado de uma talentosa equipe de músicos.

7. O talento do argentino Ezequiel Arias

Ezequiel Arias é um artista argentino de música eletrônica que atualmente mora em Córdoba, Argentina. Suas últimas produções foram lançadas em selos de alto perfil como Sudbeat Music, Plattenbank Records, The Soundgarden. No selos Replug Records e Suara Music, destaca-se o apoio constante de DJs como Hernán Cattaneo, Nick Warren, Khen, Sahar Z, Klein Eelke, Guy Mantzur e Graziano Raffa… só para citar alguns.

Considerada uma das melhores faixas de 2017, a interpretação de Ezequiel de ‘Tell Me’ por Galestian & Mira J teve uma inédita estadia de seis meses nas paradas de Progressive House do Beatport.

Também teve o privilégio de fazer parte da compilação de Guy Mantzur, “A Guy In Itajaí: Live from Warung Beach”, lançada em sua gravadora, a Plattenbank Records, em CD e formato digital, com duas produções, um original e um remix.

Em outubro de 2018, Hernán Cattaneo convidou-o para seu show duplo em Córdoba na mega Forja, para fazer a abertura de uma das noites, e no final do ano ele teve a oportunidade de tocar no “DEDGE Festival Culture” na cidade de São Paulo no Brasil, juntamente com grandes artistas como Victor Ruiz, Bob Moses ao vivo, MANDY e muito mais.

8. Os DJs brasileiros escalados são de extrema qualidade

Além dos headliners Oliver Huntemann e o trio Agents of Time, e os support internacionais de Karmon e Ezequiel Arias, o line-up ainda conta com os brasileiros Guss e Pedräda.

O talento de Guss foi criado na pista e curado nas cabines de muitas das raves que fizeram o cenário do sudeste paulistano, mas sua visão como criador de projetos como a Ressonancia, que ajudaram a recompor a paisagem noturna da cidade, foi estimulada pela sua participação em tantas outras que a formaram, dentro e fora dos clubs.

Após mais de uma década como DJ, o paulistano Pedro Rosa se aventurou pela capital alemã, Berlin, e após um período de estudo e experimentalismo, criou o projeto Pedräda, apresentando jornadas profundas no espaço sensível que reside entre o progressive house e a introspecção do techno melódico.

Em pouco tempo, as recriações de Pedräda chamaram a atenção de diversos produtores e DJs nacionais e internacionais. Seu envolvimento com a música eletrônica é profundo.

9. São 12 horas de festa!

Pra quem não sabe, ou nunca foi na RESSONANCIA, ela é conhecida por suas edições épicas com sets memoráveis durante horas e horas de festa. Essa edição não será diferente, os 6 DJs tocarão durante 12 horas!

10. É a décima edição e você não pode perder

Todos amamos festas e música eletrônica, porém, apoiar e contribuir para o crescimento dela no Brasil é um dever de todos. Portanto, marque na sua agenda: dia 24 de agosto, na Fabriketa, em São Paulo, você estará vivendo a experiência de uma das melhores festas de 2019:  a RESSONANCIA!

Garanta seu ingresso através do site da Ingresse já, pois menos de 30 dias passam voando!
www.ingresse.com/ressonancia

%d blogueiros gostam disto: