Se o ano de 2020 pudesse ser descrito em uma só palavra para o mercado de entretenimento, ela seria: superação. Enquanto o período de isolamento catalisou mudanças que já vinham em curso na cena eletrônica como a força cada vez maior das sonoridades mais introspectivas, a exemplo do melodic techno e do progressive house, também foi um período de grandes descobertas, como o Annëto, jovem que já vinha trabalhando dentro de linhas dançantes melódicas, e que aproveitou o ano para focar em ações inovadoras que mexeram com a cena. O artista lança nesta segunda (21), em parceria com André Pulse e JKaash o EP “In My Heart In My Head” (clique aqui para ouvir no Spotify) pela gravadora na qual é sócio Strawberry Moon, e se firma como um dos principais produtores a serem observados em 2021.

Seguindo um caminho natural do seu lançamento anterior, “Dearly Beloved”, que já ultrapassou 100 mil plays no YouTube (assista aqui), “In My Heart In My Mind” aposta em uma atmosfera mais profunda e progressiva. “Durante a pandemia e até mesmo antes dela, eu já vinha trabalhando esse tipo de som introspectivo e melódico. Por conta dessa letra, quis passar um lado mais sentimental, mas sem perder a raiz de pista”, comenta o jovem, que chega ao terceiro lançamento em 2020.

Videoclipe de Dearly Beloved

Além da faixa que dá nome à obra, o EP conta com a track “In The Clouds”, que apresenta uma atmosfera ainda mais intimista. “Essa faixa é o nosso lado B. É uma track mais viajada, uma música não tão preocupada em pista. Não é feita para ser hit, mas para apresentar um outro lado musical que também faz parte das minhas principais influências”, explica Annëto.

Com o novo EP, o jovem goiano fecha 2020 com uma trinca poderosa de lançamentos para se firmar entre os principais destaques dessa nova geração. Durante a pandemia, Annëto soube se manter ativo com maestria mesmo longe das pistas. Em uma empreitada audaciosa, lançou o projeto audiovisual Strawberry Moon (assista aqui), que posteriormente nomeou sua gravadora. O multi instrumentista é a prova de que os artistas que souberam se reinventar durante o isolamento colherão bons frutos na volta dos eventos.

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 

Free website traffic