Dj/produtor alemão André Tanneberger, seu nome artístico ATB, é Trance raiz e nasceu na antiga Alemanha Oriental ele decidiu produzir suas próprias músicas usando um computador e um pequeno sintetizador, através de Thomas Kukula (o produtor do conhecido projeto General Base) aonde teve acesso a um estúdio profissional pela primeira vez. Já no estúdio de Kukula, bem mais equipado pode finalizar as suas produções caseiras. Estava criado o primeiro projeto dele o Sequential One. Falando da Dj Magazine em outra postagem, ATB foi classificado 11º em 2009 assim como em 2010 e caiu para 15º em 2011. Sua carreira musical no grupo Sequential One ele foi o cérebro do grupo de 1993 até 2002. Em 1998, Andre também iniciou um projeto solo chamado ATB, sua primeira música com este nome foi “9PM (Till I Come)”, incluída no álbum Movin’ Melodies, que liderou as paradas musicais do Reino Unido em 1999 e é geralmente lembrado como o primeiro número um de Trance do Reino Unido, seu som é bem melódico e único, essa faixa apresenta um “riff” de guitarra que se tornou enormemente popular e este som de guitarra é a marca registrada de seus primeiros hits. ATB continua envolvente e muda com cada álbum. Seu estilo atual envolve mais vocais , com pianos frequentes, não vou listar todos os álbuns aqui que são muitos de 1999 a 2017, hoje em dia acompanhando seu Instagram tem postado foto com seu filho recém nascido, muitos Djs que eu escutava estão passando por essa fase de filhos no século 21, pode ser que isso mude um pouco as produções deles, dando mais amor ou diminuindo os BPMs das músicas para sons mais tranquilos (opinião pessoal essa parte).
Em 2007 seu álbum intitulado Trilogy, este álbum foi feito com um conceito semelhante ao segundo álbum da ATB, Two Worlds (2000), que é um álbum de dois discos baseado em diferentes tipos de música para diferentes ambientes. O primeiro CD trazia músicas principalmente Up Tempo, enquanto o segundo CD trazia músicas Ambient e Down-Tempo e ele contem uma de suas melhores composições do ATB na minha humilde opinião chamada Beautiful Worlds.

Uma parceria com a fan page Humor Eletrônico
https://www.facebook.com/humoreletronico
estaremos trazendo algumas curiosidades/historias dos principais artistas que fazem com que a cena da musica eletrônica cresça a cada ano que passa.

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 

Free website traffic