Marco Rangel e Davi Arnêz são duas “90’s kids” que cresceram juntos em Brasília. Além do laço de amizade construído por mais de 15 anos, eles também cultivaram o amor pelas batidas eletrônicas e amadureceram sob a influência musical dos anos 80 e 90 — embalados por bandas como Depeche Mode, Chemical Brothers, Daft Punk, Nirvana, Pearl Jam e Oasis.

Com referência formada e diretamente atrelada à música eletrônica, os brasilienses se jogaram de vez neste universo de possibilidades e desde então, buscam honrar suas raízes somadas às batidas hipnotizantes. Deste modo, mesmo no auge da pandemia, surge o duo de progressive e tech house JETS, com base em São Paulo.

Apesar da ausência de apresentações físicas nesta etapa de lançamento do projeto, o duo dá o primeiro passo muito bem estruturado, com a música “Things” em colaboração com nada mais, nada menos que Vintage Culture e Wolf Player.

Comprovando que é de fato um hit, a track já alcançou mais de um milhão de plays, sendo mais de 370 mil visualizações no YouTube, mais de 620 mil reproduções no Spotify e o posto de 31º lugar no Top 100 de Dance, do Beatport.

O que dá o tom da singularidade ao projeto é que ele parte do princípio da distinção nos detalhes e ao contrário do que muito se vê, a dupla não busca reinventar formas de expressão ou tão pouco de se impor no mercado, mas conquistar seu espaço através da originalidade em suas produções — como nota-se em “Things” — e apresentações, usando a longa experiência como artistas e honrando suas referências musicais dos mais diversos estilos e épocas.

Tudo isso, somado a interpretação atual do que o mercado demanda ou deseja consumir e garantem: “este primeiro lançamento tem um pé nos anos 80, mas uma pegada bem atual também, mostrando a versatilidade do projeto com intuito de agradar tanto a nova geração, bem como os ‘old schools’”.

Esta conectividade entre gerações proposta pelo projeto JETS, é o que proporciona e dá força ao novo duo, já que se encaixa na estética consumida atualmente, mas com um refinamento especial adquirido com os anos de experiência. “Save the name”!

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 

Free website traffic