Só neste ano, o brasileiro que mais tocou pelo mundo em 2020, de acordo com a 1001Tracklists, já lançou pela Hexagon, tocou em uma pista de esqui nos alpes italianos, e agora entra pelas portas da frente na respeitada gravadora de Hardwell. Confira! 

            Acumular grandes marcos se tornou algo natural ao talento brasileiro Leandro da Silva, que estreia hoje, 20/05, na holandesa Revealed, gravadora posicionada na linha de frente da música eletrônica mundial pelas mãos do fenômeno Hardwell. Com “Ghosted”, collab do astro brasuca com o holandes Mr Sid e o americano Al Sharif, Leandro finca mais uma bandeira na montanha dos gigantes em que escala há alguns anos e mostra um lado crítico ao mesmo tempo divertido ao ironizar artistas que constroem suas carreiras em cima de números e produções “fake”. Ouça aqui.

“A collab com eles nasceu de forma espontânea. Nos conhecemos faz tempo e tocamos juntos em várias festas em Miami e Amsterdam. A música é bem irônica, fala daqueles DJs produtores que pagam pra tudo. Que não fazem nada na produção, que compram followers e streams no Spotify e pensam que podem chegar longe fazendo isso”, afirma Leandro.

A música que já foi tocada por artistas como David Guetta, Afrojack, Blasterjaxx, Dannic, Jewelz & Sparks, Futuristic Polar Bears, Going Deeper, entre outros, começa com um vocal sexy clamando: “Baby don’t you lie” (“Baby você não minta”), e segue com uma linha de baixo groovada alegre, culminando na transformação da palavra “Ghost” no verbo “Ghosted”, em uma brincadeira com o termo “Ghost Producer”. Confira a letra completa:

“Baby don’t you lie / U aint superfly / No credits show / On your spotify / The thing that u did / You paid for this hit / No worries to / U don’t have to admit / ‘You Ghosted.'”

Em um ano repleto de grandes estreias, Leandro hitou na Hexagon de Don Diablo, dominou as cabines do festival italiano Snowland em uma live exclusiva direto de uma pista de esqui, e agora pretende se manter entre os produtores de música eletrônica mais tocados do mundo com essa estreia triunfal na label de Hardwell.

“Conheço o Hardwell faz bastante tempo. Trabalhei na principal Rádio Dance Italiana (m2o) e tinha um programa transmitido todo verão para Ibiza. Meu trabalho era seguir os super DJs e fazer entrevistas. Quando conheci o Hardwell no backstage do Ushuaia, encontrei um cara super gente fina. Muito disponível a dar conselhos e uma pessoa que gosta muito de ajudar os jovens produtores. Daquele momento em diante mantivemos uma boa relação e mesmo que o meu estilo de música mais puxado para o House seja um pouco longe do estilo do Hardwell, sempre que pôde ele tocou minhas faixas”, relembra Leandro, que nos contou que passou a ser procurado por gravadoras como Hexagon e Revealed na medida em que o mainstream eletrônico começou a incorporar sonoridades mais próximas ao som houseado. “Recebi então o convite do time da Revealed para lançar uma minha música na gravadora e eu aceitei na hora”, completa.

O sucesso que “Ghost” já acumulava mesmo antes do seu lançamento e os marcos representativos alcançados por Leandro no último ano, nos mostra que ter foco, talento, persistência e verdade no que faz, é o combo necessário para colher os frutos de uma carreira consistente – e não “Ghosteada” 😉  

Sobre Leandro da Silva

Carioca de nascença, Leandro da Silva levou sua carreira para a Itália, onde construiu uma base sólida ano após ano na cena house mundial. O artista, que figurou em 2019 na posição #139 do Top 150 da DJMag e agora escala para o posto #9 no Top 101 produtores da 1001Tracklists, carrega na bagagem tours que passaram por Tailândia, Vietnã, Índia, Japão, Brasil, Myanmar, Estados Unidos, Bahrein, Bali e Colômbia, além de costumeiramente excursionar por países europeus como Hungria, Bélgica, Holanda, Noruega e na própria Itália.

Fundador e A&R da Black Lizard Records, Leandro também coleciona lançamentos pela Spinnin’ Records, Altra Moda e Hexagon, além de uma série de hits que saíram por Big Beat – Atlantic Records, Warner Music, AFT:HRS, Armada e mais. Em 2020, foi eleito o brasileiro que mais teve suas músicas tocadas por outros artistas pelo site 1001 Tracklists, figurando na posição #9 do ranking mundial.

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 

Free website traffic