Após viver um incrível 2019, com o lançamento de 10 tracks, com destaque para “Linda, Louca e Zen”, que se encontra com quase 1 milhão de plays somente no Spotify, além de diversos remixes oficiais, como o de “Várias Queixas” para a banda Gilsons, Dre Guazzelli concluiu o ano com a maior turnê de Réveillon de sua carreira, passando por sete diferentes festas do nordeste brasileiro.

“A experiência do Réveillon foi uma das mais intensas da minha vida. Eu realmente fui de encontro com o sonho que tive há 15 anos, de espectador do Universo Paralello a artista se apresentando no UP Club, em um horário maravilhoso. Além de produzir a minha própria festa nesta época tão mágica do ano”, conta Dre.

UP 20 anos”, adiciona André.

 

Ainda no Universo Paralello, Dre também se apresentou no famoso palco UP Club, no dia 28 de dezembro, por onde passaram os maiores DJs e produtores brasileiros, como Alok, Vintage Culture, Victor Ruiz, Illusionize, Gabe, dentre outros. Escalado para tocar depois de Cat Dealers e Bhaskar, Dre recebeu a pista às 17hs, no horário que ele ama tocar, com um público maravilhoso na praia de Pratigi na Bahia, onde fez um set de Tech House e Progressive House.
“Eu estava exatamente onde imaginava estar 15 anos atrás naquela mesma praia. Era parte do sonho poder viajar com um videomaker e um manager, tirando essa carga de mim, onde eu poderia somente focar na música. Então, fiquei muito feliz em poder unir as coisas que mais gosto”, desabafa Dre.

Em parceria com a Renault, o projeto “On Dre Road” rodou mais de 3.500 km durante as aventuras pela Bahia. Ainda no dia 28, ele se apresentou em Boipeba, um lugar paradisíaco.

No dia 29 de dezembro, Dre partiu rumo ao Réveillon N1, com um grande desafio: se apresentar após o cantor, guitarrista e vocalista Durval Lelys. Um dos momentos mais especiais para o DJ durante sua turnê.

“Essa foi uma das festas mais lindas que já toquei na minha vida, em um verdadeiro paraíso, super estruturado, com ativações sensacionais. O desafio de entregar um som mais acessível ao público é algo que eu amo fazer também, pois me faz crescer em um âmbito de 360º”, conta Dre.

Seguindo a agenda, no dia 30 de dezembro, André e sua equipe desembarcaram em Caraíva, onde acontece a festa de Réveillon organizada pela Inner Enterpraises, produtora de eventos a qual Dre é sócio. Lá ele apresentou seu clássico long-set  que terminou ao nascer do sol, misturando bastante música brasileira com sua pegada eletrônica. De lá, Dre partiu rapidamente para seu set no famoso Réveillon John John Rocks em Jericoacoara, por onde passaram Alok, Anitta, Claptone, Erick Morillo, Jorge e Matheus, dentre muitos outros. Mas a visita à cidade do Ceará foi breve, pois o artista retornou à Caraíva para acompanhar sua festa de perto e poder curtir com amigos e equipe, celebrando todas as conquistas de 2019.

“Comecei 2020 muito realizado, sabendo que vivi uma tour de Réveillon mágica e mística. Eu realmente percebi o quanto amo fazer tudo isso, 15 anos depois de ter sonhado”, desabafa Dre.

Essa tour de Réveillon foi a maior de toda a carreira de Dre Guazzelli até hoje, passando pelos principais destinos do nordeste. Agora, André está se preparando para o Carnaval, onde comandará o Bloco do Dre no dia 24 de fevereiro, que em 2019 foi considerado o maior bloco eletrônico de São Paulo, e o Bloco Dre Tarde no dia 29 de fevereiro. Dando aquele pontapé com o pé direito na década que se inicia. Fique ligado para as novidades que esse artista tem para revelar em 2020.

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code