Apesar de todas as dificuldades características do momento atual, a quarentena também pode ser motivo de inspiração. Esse é o caso da nova faixa, “Trippin”, lançada pelo Austro, selo de música eletrônica da Som Livre, em todas as plataformas de música – ouça aqui. Em uma colaboração da DJ Samhara com o duo The Otherz, a cantora Aya e do Exotique, a música possui uma pegada dançante e um beat alto astral, atributos característicos dos artistas.

A composição é fruto de uma mistura entre os gêneros musicais eletrônico e pop e chega com uma proposta inovadora, uma vez que se trata de uma faixa idealizada, produzida e lançada neste momento de isolamento social, e que retrata uma cena que se passa na vivência desta quarentena. Embalada pelo um diálogo entre uma “quarentener” e sua voz interior que a manda dançar, “Trippin” levanta a questão da solidão imposta pelo atual cenário de forma leve e bem humorada.

Segundo a DJ, além da quarentena, a rede social TikTok também teve influência na idealização da música. “Acompanhamos o crescimento do TikTok, principalmente nessa quarentena mundial, onde muitas pessoas mudaram seus hábitos e estão aderindo à nova plataforma. Estávamos literalmente viajando no TikTok, como se ele influenciasse a gente a dançar”, conta Samhara. A artista acredita que a faixa e a plataforma têm tudo a ver, e lançou o desafio #trippinchallenge, no qual convida os seguidores a dublarem o diálogo da música de forma divertida. Os melhores vídeos do #trippinchallenge no TikTok vão compor o videoclipe da música.

Para Aya, artista do selo Inbraza, que dá vida ao vocal feminino do diálogo interpretando a “quarentener”, o lançamento de vai ajudar as pessoas que estão sofrendo por não poderem sair de casa. “A inspiração foi justamente o fato de estar em casa e me sentindo um pouquinho doida por não poder sair. A música vai fazer a galera dançar, o que é incrível, e pode trazer mais alegria nesse momento difícil”, opina a cantora.

Sobre trabalhar com a DJ Samhara pela primeira vez, Exotique opina: “Foi um prazer conhecê-la e foi incrível poder trabalhar com essa energia boa, clima leve e descontraído. Este som é o primeiro lançamento de um novo projeto da minha carreira, sob um formato livre de atuação. Estou empolgado em já chegar com um lançamento deste porte”, diz ele, que é o responsável por personificar o vocal masculino.

Guido Santana, que compõe o The Otherz ao lado de Matheus Ballesteros, conta que o duo, junto com Samhara e Exotique, foram amadurecendo o projeto até alcançarem o drop energético ideal. “Aí veio a Aya, que transformou a música com um vocal muito pop, e era esse o tempero que faltava. A voz dela é incrível! É um som que acreditamos muito, principalmente pela vibe, o vocal pop combina muito com o momento atual que estamos vivendo. Essa receita tem tudo para dar certo”, decreta ele. Samhara concorda e também é só elogios à cantora. “Aya veio como a cereja do bolo! Quando pensamos que a música ficaria perfeita com um vocal feminino, ela foi o primeiro nome que veio na minha cabeça. Acho ela a verdadeira Fergie do Brasil”, conta a DJ, que diz ainda esperar que a parceria se repita em outras oportunidades.

Produzir uma faixa animada em um momento conturbado como esse pode ser desafiador, mas os artistas envolvidos acreditam que essa é a melhor forma de levantar o astral em tempos de quarentena. Exotique afirma crer no poder de união da música nesse momento. “A música não tem barreiras, e acredito que unir as pessoas e criar momentos de descontração e união é o meu propósito”, finaliza, sendo completado por Guido em seguida: “Se conseguirmos arrancar pelo menos um sorriso de cada pessoa que escutar esse som, nossa missão estará cumprida”.

Para Samhara, a música tem poder de cura. “Falando como artista, esse momento de isolamento me afetou bastante, com shows cancelados e trabalhos adiados. Mas o lado ‘bom’ disso é poder parar, respirar e encontrar minhas raízes na música. Eu acredito que depois desse momento o mundo já não será mais o mesmo e a música terá um papel importante para mostrar essa mudança”, conclui.

“Trippin” – Samhara, The Otherz, Aya feat. Exotique

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code