Iniciativas para igualdade de gênero devem sempre ser celebradas, ainda mais quando ocorrem num universo que tanto amamos: o da música eletrônica. Em sua segunda edição, a Mov.E Wonder promove um espaço para DJs e produtoras mostrarem que o lugar da mulher é onde ela quiser – principalmente nas pick-ups. No Espaço Modular, no dia 1 de fevereiro, o lineup da pista principal é 100% feminino e conta com ícones do Techno.

A eletrizante Fatima Hajji é a gringa convocada para trazer seu som marcante para esquentar mais ainda o clima brazuca. A pista vai conferir de perto as influências multiculturais no set groovado da espanhola com ascendência árabe. Amante da natureza e dos animais, além de empresária e dona de três gravadoras, a artista completa mais de 20 anos de carreira com passagens por inúmeros países e grande sucesso na Europa, com presença em renomados clubs (como Fabric e Tresor) e festivais (como Awakenings e Tomorrowland). Fatima confere elementos africanos e latinos para quebrar as fronteiras, e tudo isso pode ser sentido em sua apresentação única (é única mesmo??) no país.

Com sensibilidade e versatilidade

é uma das headliners do evento, que irradia uma identidade marcada por produções melódicas que apresentam paisagens sonoras peculiares, com grande auto expressão. A artista iniciou sua jornada na música aos 16 anos, mas foi em 2014 que consolidou seu caminho, se destacando a nível nacional e internacional e alçando voos altos por diversos países, mas mantendo o compromisso de permanecer fiel a suas origens. Recentemente, ela lançou um EP pela gravadora ícone Renaissance.

Outra lenda das pistas brazucas há duas décadas é Eli Iwasa, que se divide como DJ, produtora e empresária, dona do Club 88 e do Caos. A artista também se apresenta na Mov.E Wonder vinda de um ano recorde de apresentações, entre elas no DGTL Brasil e BAUM Festival na Colômbia. De documentário a criação de trilha sonora para um desfile de moda, a artista multifacetada carrega o peso de sua sólida carreira e o engajamento na construção da cena eletrônica nacional para a construção de sua performance.

O lineup da Mov.E Wonder também conta com Fernanda Pistelli, Clara Amaral, Bellatriz e Samia Gribl nas pick-ups do palco principal, enquanto a label santista Perpetua vem diretamente do litoral paulista para proporcionar um som minimal ao evento. Esta pista ainda traz o gringo Ray Mono (PIV Records), Alexia Glensy, Dhar Cad, Lilo e Valdrigh. 

Marque presença nessa iniciativa que valoriza as mulheres da cena e garanta seu ingresso por meio da Blacktag, clicando aqui.

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code