13599984_263039370735555_933188087372405899_n

 

Evento acontece dia 22 de julho na Fabriketa em parceria com a INNER enterprises

Com cenografia inspirada na vida urbana, a Something Else, produzido pelos núcleos UP Club/ Artist Factory, INNER enterprises e o sócio Ronaldo Cunha, surge com a proposta de unir arte, musica, cultura e urban lifestyle num único lugar. Com propósito de trazer a urbanidade da cidade para dentro da festa, o cenário foi um ponto marcante e escolhido com atenção pelos organizadores: uma fábrica desativada de 1916 da Familia Matarazzo, conhecida como Fabriketa, no Brás. Um local ideal para explorar conceitos urbanos e singulares na imensidão de São Paulo.  Parte essencial da Something Else e com curadoria do coletivo UP Club, o destaque da festa vai para o line-up de peso: Danny DazeGui BorattoEli IwasaDre Guazzelli e Ronaldo Cunha. Todos ao som de minimalísticas batidas de Techno, acompanhado de projeções e intervenções espalhadas pelo complexo. E para alimentar o público, o espaço ainda conta com os food trucks Tuk Burger, Fry Society e Townpioca à disposição ao longo do evento.

 

Música

Com a intenção de conectar um só público com grandes mentores da cena techno no mundo, a Something Else, unifica e apresenta em sua única pista:

Danny Daze: Notório por sua versatilidade, dj e produtor, conhecido pelos fortes graves e repertorio impar. Já lançou singles e remixes, incluindo “Take Control” de Gui Boratto e três EPs de solo. Segundo Danny, “minha produção musica é sinônimo dos meus sets, que variam de electro para Italo Disco, é uma viagem única através de todo o espectro da musica, alcançando muito além de tecnho e house.” Denominado um dos artistas mais versáteis de sua geração, Daze segue uma abordagem radical e atrai multidões com seus sets exotéricos.

Gui Boratto: Engenheiro de áudio e multi-instrumentista, após incontáveis licenciamentos para grandes gravadoras internacionais, e carreira sólida na gringa, começou a se dedicar a sua própria música. O artista foi fundamental para divulgar a música eletrônica criada no Brasil, com produções que reúnem musicalidade, synths e baterias, transformaram assim, musicas como: “Beautiful Life” e “No Turning Back” em grandes clássicos das pistas. Agora, Gui Boratto lança seu próprio selo: D.O.C, uma plataforma que pretende colocar em evidencia musicas atemporais e novos talentos.

 GUI BORATTO

 

Eli Iwasa: Há 15 anos movendo pistas, construiu um nome forte em frente às pick-ups e virou sinônimo de batidas de Techno elegantes. Mestre das sensações, Eli foi apontada pela Cool Magazine como “a voz do minimal Techno” no Brasil. Seus sets são verdadeiras jornadas musicais que vão do minimal e sons mais abstratos, passando pelo house pumping e funkeado até o Techno cheio de groove.

 Ronaldo Cunha

 

Ronaldo Cunha: Com apenas 16 anos já iniciou sua trajetória como DJ. Em 2007 estudou Produção Musical em Londres na SAE-UK onde ficou um ano e trouxe uma rica bagagem e experiência musical. Seu estilo é definido por tendências tecnho e batidas versáteis irresistíveis. Tem capacidade de criar um real set list, sempre inovando e trazendo para pista sonoridade única e um toque de groove urbano para festa.

Dre Guazzelli: Dj há 12 anos, já se apresentou nos melhores clubs e festivais do mundo como Amnesia em Ibiza e Bruning Man nos EUA. Dre, que toca sets de Deep House, também passeia pelas mais variadas vertentes da música eletrônica com muita flexibilidade e propriedade. Consegue movimentar diferentes pistas com batidas harmônicas e mixagens de alta frequência.

 

Som e Mapping

A Something Else não faria sentido sem um soundsystem à altura do line-up. Com avançadas tecnologias de acústica e engenharia sonora, o Pure Groove, sound system desenvolvido por um ex-engenheiro da NASA, será à parte, uma das atrações da festa. Com um cenário impar e underground de São Paulo, o mapping não poderia ficar de fora. Parte das pecularidades da festa, a Pixieguark, uma das maiores empresas de mapping do Brasil, ficará responsável pela dança de imagens durante a madrugada.

 

 

Cenografia

A Fabriketa, por si mesma, já é uma obra de arte que contempla todo o espaço físico da festa. Com um cenário industrial, grande parte do material usado na decoração foi retirada de sucatas, assim como: chapas expandidas reutilizadas, correntes, estrutura de andaime e barris de ferro. O espaço ainda inclui projeções e mapping.

 

Arte

A festa vai contar com um espaço reservado para a galeria de arte, “INpropria”, que segue um estilo fora dos padrões e regras, impróprio como sua natureza: ousada, inusitada e fora da caixa. A frente do projeto está a empresária Fernanda Shammas.

 

UP Club/ Artist Factory

Produzindo eventos há mais de 10 anos, o núcleo UP Club/ Artist Factory inicia um novo trabalho chamado Something Else, com atrações renomadas da cena eletrônica em sua primeira edição, escolhidos para comporem uma identidade própria. Musica, arte e urban lifestyle unem-se para se tornarem alicerces essenciais no dia 22 de julho. Com o histórico rico em produção, o núcleo tem um case contendo grandes eventos: Festival Universo Paralello que acontece em Pratigi na Bahia com sete dias de duração, festas itinerantes em todo território nacional com o selo UP CLUB e uma nova label chamada Brazilian Bass, febre entre os jovens, estreou com palco próprio no Tomorrowland Brasil. Além disso, a Artist Factory agencia grandes artistas como Alok e Illusionize, alem de outros 8 djs que compõem um casting de grandes nomes do mercado e da musica eletrônica.

 

INNER enterprises
A INNER cria eventos ampliadores de consciência, conectando artistas, público e marcas.

Serviço:
Something Else na Fabriketa, R. do Bucolismo, 81 – Brás em São Paulo.
Data: 22 de julho às 23h. Ingressos podem ser comprados pelo app Sem Hora: https://semhora.com.br/evento/something-else ou pela página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1085178544859202/?active_tab=highlights

 

 

Deixe um comentário

CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 

Free website traffic