Comfort Club

Notícias

Pedräda indica as melhores tracks do line-up da RESSONANCIA

Spread the love

Pedro Rosa, DJ e produtor com 13 anos de carreira, há pelo menos quatro anos encontrou em seu projeto Pedräda a representação do que ele realmente desejava transmitir, acreditando que a melhor técnica é saber a intenção e sensação que quer causar no ouvinte.
 
Reunindo referências do progressivo ao electro, e do house ao techno, ele vem marcando presença em grandes clubes e festas – como Laroc Club, Moving @ D-EDGE e RESSONANCIA –, além de ter lançado seu primeiro EP assinado, colaborou com artistas de renome e recebeu suporte de outros grandes produtores, como Tale Of Us, Hernan Cattaneo e Sébastien Léger.
 
Pedräda é um dos nomes confirmados na 10ª edição da RESSONANCIA, que acontecerá dia 24 de agosto, na Fabriketa, em São Paulo. Ele escolheu suas faixas favoritas de alguns dos demais artistas do line-up da festa. Confira:

 

Oliver Huntemann
“Ali por 2006, o Huntemann foi um dos responsáveis por me apresentar o electro techno alemão. Virei muito fã, são 14 anos acompanhando em raves e até no Watergate Berlim, então são várias tracksmarcantes. Lá no início, o remix para o clássico ‘Everything Counts’ do Depeche Mode, produzido com Stephan Bodzin, pegou na veia pelo bassline arrastado de electro e beat bem marcado. Nessa jornada, várias se tornaram clássicos dos afters, como ‘Rubin’, ‘Magnet’ e ‘37Grad’, com a sonoridade sempre marcada pela timbragem analógica quente e rasgada. De alguns álbuns pra cá, o techno pegou de vez nos rendeu pérolas como ‘Schatten’, ‘Tranquilizer’ e ‘Rotlicht’. Hora da festa pegar fogo”.
 Oliver Huntemann – Magnet

 Oliver Huntemann – Schatten
 

Agents of Time
“A Afterlife já é o reduto de uma sonoridade muito própria, um techno melódico, hipnótico e contemplativo. Sempre fui muito fã e defendi muito o som do selo, então é incrível tocar no mesmo line que esse trio. Os caras fizeram recentemente um live de 12 horas, absurdo. A recente ‘Superia’ é uma viagem energizante de nostalgia melódica, enquanto a collab ‘Repeating Patterns, Numbers and Letters’, com Mathew Jonson, mostra um lado mais ácido e pra cima do trio. Não posso deixar de mencionar o EP ‘Forest of Lies’ da própria Afterlife, com o hit levanta pista ‘Dream Vision’. Veste a gravata que eles vêm com classe”.
 Agents of Time – Superia
 Agents of Time – Dream Vision


Karmon
“Karmon é um cara bem versátil, e que nos últimos anos se encontrou de vez dentro do progressive house e techno melódico. A track ‘Brutus Jam’ fez parte de vários sets meus deste ano pela vibe uplifiting que constrói na pista, com um solo de synth incrível e ambiência que leva sua mente pro espaço, e (às vezes) traz de volta. Este EP ‘Picture’, inteiro pela Dynamic, é incrível. Destaco também a track ‘6 a.m. Funk’ que veio na coletânea do HOSH para o Warung. Espere por ótimas vibrações”.
 Karmon – Brutus Jam
 Karmon – 6 a.m Funk


Ezequiel Arias
“Presença constante nos sets do maestro Hernan Cattaneo, o também argentino Ezequiel é um gênio e máquina do progressive house. Com uma linha sempre espacial e grooveada, suas tracks já estiveram presentes em alguns long sets meus. Será um prazer abrir a pista pra ele. As recentes ‘Reimagined’, com Antrim, e ‘Púrpura’ são grandes exemplos da energia etérea e progressiva que ele conduz”.
 Atrim e Ezequial Arias – Reimagined
 Ezequiel Arias – Púrpura

Curtiu as sugestões do Pedräda? Confira as redes sociais desse talentoso DJ e produtor e se surpreenda com a sua qualidade musical. Recentemente ele fez um set top na Proton Radio, uma das grandes rádios online de progressive house, e o mesmo já está no TOP 8 por lá, o que fez a Proton convidar seu selo Transensations pra ter um radio show mensal. De fato, Pedräda não está para brincadeira. Chegue cedo na 10ª edição da RESSONANCIA e não perca sua apresentação.

%d blogueiros gostam disto: